domingo, 24 de abril de 2011

Nas palmas das Tuas mãos...

"Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei..." Isaías 49.16

Na Páscoa passada, Deus me proporcionou uma experiência tão linda, que inspirou o post "A real life fairytale" [Um conto de fadas da vida real]. Posso afirmar com alegria redobrada que nesse ano não foi diferente. E ele me tocou a este respeito, sobre escrever, nessa tarde.

Acho que desde a minha mais tenra idade [clichê esse termo? rs], "sonhadora" é meu nome do meio. Creio que já falei aqui inúmeras vezes sobre os sonhos e ideais que tinha, né? Eles eram excessivos e nada equilibrados, chegavam a me fazer mal por estabelecer alvos altos demais, mas com o passar dos anos, à medida que fui conhecendo Jesus de andar com Ele, Ele foi transformando esses meus sonhos e ideais. Outro dia fiquei até surpresa e feliz quando citei o Pv 16.1 "O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor" [não me perguntem qual tradução é essa! rs] para diminuir a expectativa de uma amiga com respeito à minha vida sentimental e, quando ela disse que eu já tinha falado isso outro dia, uma graaaande disse amiga completou que esse provérbio era a minha vida... :)

E vou dizer que há um bom tempo estava com dificuldade em falar dos meus sonhos. Tava difícil, porque não queria correr o risco de sonhar algo que não fosse a vontade de Deus, então evitava colocar algo como "meu sonho". Vou dar alguns exemplos...

Sempre que o assunto é casamento, compartilho algumas coisas que gostaria que acontecessem na cerimônia do meu, mas sempre ressalto que esse é um "desejo" meu, mas que Deus é quem sabe como vai ser [lógico]. Quando estava sem trabalhar, me imaginei trabalhando em uma organização como a Visão Mundial como um "sonho", mas preferi manter isso como algo que eu desejaria viver um dia. Pensar em uma pós não era algo que eu sonhava ou planejava, apenas desejava, colocava como algo que considerava interessante. Até mesmo o sonho de assistir minhas bandas favoritas foi deixado de lado quando percebi que era mais certo louvar com eles no céu... rs

Eu não queria correr atrás do vento. Correr atrás de algo que tiraria meu foco do que Deus quisesse de mim, perder meu tempo em algo meramente meu e não d'Ele, então dei um tempo nos meus sonhos. Comecei a ter apenas desejos. Quis entregar tudo nas mãos d'Ele. Talvez também com medo de voar alto e sofrer uma queda maior. Mas o pensamento principal era, "não quero mais sonhar sozinha, não quero sonhar por conta própria, quero o Senhor no controle, mesmo que eu tenha que ir me adaptando aos Teus planos a cada dia".

E na madrugada dessa Sexta-feira da Paixão Ele colocou um ponto final nisso quando me disse: "Sonha, filha". Mas agora sei que não corro mais o risco de sonhar sozinha, porque Ele plantou os sonhos d'Ele dentro de mim. Ainda não posso dizer quais são, porque Ele vai dar forma e contorno a eles com o tempo, mas sei que não são sonhos pra meu deleite exclusivo [pode até ser que no pacote tenha alguns agradinhos, né, do jeito que Ele é lindo!], mas sonhos pra Ele, pra glória do nome d'Ele. E vou acrescentar que até os tais possíveis agradinhos não seriam mais 100% pra mim, porque até nisso Ele já inseriu a vontade d'Ele. É sério, já posso dizer que até as coisas que eu possa eventualmente querer "pra mim" trazem o desejo de agradá-Lo. E não estou fazendo gênero. Já escrevi nesse blog antes que não faz sentido pra mim dizer algo que não sou, porque é Deus quem sonda o meu coração e não teria como mentir pra Ele. Mas, claro, foi Ele quem fez isso em mim. 

Mas tem uma coisa. Se eu não tivesse aberto mão dos meus sonhos, Ele não teria encontrado espaço pra isso: primeiro, pra vontade d'Ele na minha vida e, agora, pros sonhos d'Ele através dela.

"ConTigo eu sonho, Pai"! :)

"Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu direito como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera nele..." 
 Sl 37.5-7a


Um comentário:

jullygomesantos disse...

Ai prima lendo seu texto me lembrei de uma música que a muito tempo não ouvia e queria deixar a ledra dela pra vc refletir!
bjim ju!

Minha vida entrego a Ti
Os meus sonhos entrego a Ti
Faz de mim vaso novo, com coração novo
Vaso de barro em Tuas mãos
Reconheço que posso errar
Mas eu sei que existe o perdão
É por causa do sangue que foi derramado
Por causa do Teu grande amor
Tu és Senhor do universo, és o Filho de Deus
Tu és o Cordeiro Santo que morreu numa cruz
Teu sangue é precioso, venceste a morte
E estás assentado, ao lado de Deus, Deus Pai.